FCSB evita desastre no segundo tempo e segue adiante na Champions League

O FCSB por muito pouco não sofreu um vexame gigante na Arena Nationala (foto: GSP)
O FCSB por muito pouco não sofreu um vexame gigante na Arena Nationala (foto: GSP)

O Steaua/FCSB passou por um grande sufoco, mas conseguiu a classificação para a terceira fase preliminar da Champions League após perder por 3×2 na Arena Nationala contra o Trencin, da Eslováquia. Os romenos chegaram a perder por 2×0 nos primeiros 25 minutos de partida, anulando a vantagem que havia sido conquistada no jogo de volta. Na próxima fase, o time de Chipciu, Popa, Tadé & cia enfrenta o Partizan, da Sérvia.

Breeveld, Muniru e Hamroun comemoram o primeiro gol do FCSB (Foto: GSP)
Breeveld, Muniru e Hamroun comemoram o primeiro gol do FCSB (Foto: GSP)

Aos 12 minutos do primeiro tempo, o Trencin fez uma ótima jogada pela esquerda, com tabela, passes rápidos e muita movimentação. A defesa do FCSB ficou totalmente parada até o atacante brasileiro Wesley, de apenas 18 anos, abrir o placar. Com o time da casa totalmente perdido e sem o apoio da torcida (o jogo teve portões fechados por mais uma punição ao FCSB por ofensas racistas de sua torcida), o Trencin aproveitou. O brasileiro Jairo, em mais um ataque pela ponta esquerda, passou facilmente por Papp, fez boa jogada e tocou a bola para a área. Varela desviou mal e Bero aumentou a vantagem aos 21 minutos. O jogo iria para os pênaltis se terminasse com este placar.

A má atuação do FCSB fez com que o técnico Mirel Radoi fizesse duas alterações no primeiro tempo. Saiu Stanciu para a entrada do argelino Hamroun e entrou o lateral direito Râpa no lugar do zagueiro Varela, fazendo com que Papp fosse para a zaga. O time respondeu melhor, o jogo ficou mais movimentado e o FCSB começou a criar chances de gol

Na segunda etapa, o FCSB participava mais do jogo. Aos 11 minutos, Hamroun cruzou para a área e a zaga afastou. A sobra ficou com Sulley Muniru (irmão do famoso ganês Sulley Muntari), que encheu o pé e mandou uma bomba, marcando um golaço.

Três minutos depois, Hamroun sofreu falta de Cogley dentro da área. Pênalti que o francês Grégory Tadé converteu com uma péssima cobrança, mas que com a força que teve, o goleiro Semrinec não conseguiu defender. 2×2, e agora o Trencin precisaria de mais dois gols para se classificar. Quase conseguiu.

Aos 39 do segundo tempo, Jairo, de novo ele, pela ponta esquerda, deixou Râpa na saudade e fez um ótimo cruzamento que o garoto Wesley completou bem de cabeça. O time da Eslováquia ainda conseguiu perder chances e o FCSB se segurou para evitar a eliminação.

 


FCSB 2×3 TrencinArena Nationala, Bucareste, Romênia
Quarta-feira, 22 de julho de 2015
Jogo de volta da segunda fase preliminar da Champions League

FCSB: Cojocaru; Guilherme, Tosca, Varela (Râpa 35′-1ºt), Papp; Muniru, Breeveld, Chipciu, Stanciu (Hamroun 19′-1ºt), Popa; Tadé (Tahar 37′-2ºt)
Técnico: Mirel Radoi

Trencin: Semrinec; Madu, Rundic, Ramon, Cogley (Ibrahim 28′-2ºt); Koolwijk, Bero, Lobotka; Van Kessel (Guba 19′-2ºt), Jairo (Klescik 42′-2ºt) e Wesley
Técnico: Martin Sevela

Gols: Wesley (13′-1ºt e 39′-2ºt), Matus Bero (21′-1ºt), Sulley Muniru (12′-2ºt) e Grégory Tadé (15′-2ºt pen.)

Trio de arbitragem: (Polônia) Paweł Raczkowski, auxiliado por Michal Obukowicz e Paweł Sokolnicki

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s