Esfacelado pela Covid-19, FCSB vence de forma épica na Liga Europa depois de um 6 a 6

O FCSB por pouco não perdeu por W.O. a partida da segunda fase preliminar da Liga Europa, diante do Backa Topola, na cidade de Senta, a 160 quilômetros de Belgrado, capital da Sérvia, na tarde desta quinta-feira, 17. Foi para o jogo com 14 jogadores, porque nove haviam testado positivo para Covid-19. Venceu nos pênaltis após um por 6 a 6 até a prorrogação, em um jogo para ficar marcado na história do futebol romeno.

Jogadores importantes como os zagueiros Radu Miron e Iulian Cristea, os atacantes Florin Tănase e Darius Olaru, o goleiro Andrei Vlad, o volante Ovidiu Popescu e o meia Ionuț Vînă estavam fora. A partida foi disputada mesmo com cinco jogadores romenos tendo testado positivo já na Sérvia.

Depois que os anfitriões saíram com 2 a 0 no placar já aos 14 minutos, a situação parecia perdida para os romenos. Florinel Coman, o principal jogador da equipe, diminuiu aos 25.

Com o zagueiro Panjavic expulso aos 44 da etapa inicial, o FCSB esteve mais à vontade. Dennis Man, outro garoto promissor do FCSB e entre os mais badalados de sua geração, empatou aos cinco do segundo tempo, mas Antonic já recuperou a vantagem de um gol para o Backa Topola no instante seguinte. Man volta a marcar, de pênalti, aos 18. 3 a 3, 18 minutos do segundo tempo.

Tudo parece encaminhado na luta inacreditável do FCSB. quando o garoto Backa Topola, de 19 anos, marca contra aos 47 do segundo tempo. Mas dois minutos depois, Tomanovic faz 4 a 4 e deixa tudo igual logo antes do apito final

Prorrogação

No final do primeiro tempo da prorrogação, vem um gol atrás do outro. Primeiro, Dennis Man, fazendo o seu terceiro na partida. Na sequência, Tumbasevic marca. Cinco a cinco. CINCO a CINCO. O FCSB já tinha dois jogadores a mais, com a expulsão de Siladi aos 13 minutos.

Pois Adrian Petre marca o sexto gol aos três do segundo tempo. Faltando três minutos para o fim da prorrogação, Tomanovic, que já havia levado o Backa Topola para mais 30 minutos de jogo, fez o mais absurdo ainda: o sexto gol do time da casa, levando o confronto aos pênaltis.

Histórico

Nos pênaltis, o goleiro Răzvan Ducan, de 19 anos, defendeu o pênalti de Bankac. Dennis Man, o nome do FCSB no jogo, marcou o último e finalizou o placar das penalidades com 5 a 4.

Notícia em atualização


Foto: Dennis Man marca seu terceiro gol na partida, de pênalti
Cristi Preda/Gazeta Sporturilor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s