Daum anuncia convocação para jogos decisivos contra Armênia e Montenegro

O técnico alemão Christopher Daum anunciou hoje, através de vídeo públicado nas redes sociais da FRF (como vem sendo de praxe), a convocação da seleção romena para as partidas contra a Armênia e contra Montenegro, nos dias 1º e 4 de setembro. A lista de jogadores inclui novidades, como Ciprian Deac, do CFR Cluj, que retorna à Națională depois de seis anos. O risco de Daum cair após o jogo contra Montenegro é grande, com a imprensa romena fazendo grande pressão sobre o técnico e pregando Cosmin Contra, técnico do Dinamo, para assumir o lugar.

Alibec, Lung Junior, Latovlevici, Grozav (por lesão), Rotariu e Săpunaru (por suspensão) são os jogadores da última convocação que não estão presentes desta vez. Além do retorno de Deac, que não joga pelos tricolores desde a derrota para a Bósnia em 26 de março de 2011, a convocação marca a volta de Valerică Găman, do Karabükspor. O zagueiro não atua pela seleção desde 25 de maio de 2016, quando jogou o amistoso contra a República Democrátiva do Congo na preparação para a Eurocopa. Seu último jogo no banco foi em 10 de agosto do ano passado, na vitória por 5×0 sobre a Armênia, a única nas eliminatórias para 2018.

Outro retorno importante é o de Alexandru Maxim. Após cair da Bundesliga e conquistar o acesso com o Stuttgart, o meia acertou uma transferência para o Mainz 05 e volta a ser convocado depois de nove meses.

Surpresa também foi a presença de Andrei Ivan na lista de Daum. O atacante de 20 anos não atua há quase um mês, desde que deixou o CS Universitatea Craiova rumo ao FC Krasnodar, da Rússia, numa transferência de 3 milhões de euros. Steliano Filip, lateral esquerdo do Dinamo, foi outro nome criticado. Filip não vem atuando bem pelo Dinamo e havia entrado em polêmica sobre uma eventual transferência ao Dinamo de Kiev que nunca se concretizou.

Daum preparou também uma lista de 11 jogadores suplentes. Lá está incluído um dos grandes destaque do início de temporada, Constantin Budescu. O meia trocou o Astra pelo Steaua/FCSB, se machucou no jogo contra o Viktoria Plzen em Bucareste pela Champions League e ainda se recupera da lesão muscular.

Do lado craiovano, está Alexandru Băluță. O camisa 10 e capitão do CS U Craiova é o melhor jogador do início da temporada, tendo marcado três gols nas três primeiras rodadas. Ele estreou pela seleção em 13 de junho, marcando o gol da virada e da vitória sobre o Chile em Cluj-Napoca, por 3×2.

A Romênia enfrenta a Armênia em 1º de setembro na Arena Națională, às 15h45 no horário de Brasília. Em 4 de setembro, no mesmo horário, o adversário é Montenegro, vice-líder do Grupo F, em Podgorica.

Goleiros:

Ciprian Tătărușanu – Nantes-FRA
Costel Pantilimon – Watford-ING
Florin Niță – Steaua/FCSB

Zagueiros:

Bogdan Țîru – Viitorul
Vlad Chiricheș – Napoli-ITA
Valerică Găman – Karabükspor-TUR
Alin Țoșca – Real Bétis-ESP
Sergiu Hanca – Dinamo Bucareste

Laterais esquerdos:

Steliano Filip – Dinamo Bucareste
Cristian Ganea – Viitorul

Lateral direito:

Romario Benzar – Steaua/FCSB

Volantes:

Mihai Pintilii – Steaua/FCSB
Răzvan Marin – Standard de Liège-BEL

Meias:

Eric Bicfalvi – Ural-RUS
Nicolae Stanciu – Anderlecht-BEL
Alexandru Băluță – CS Universitatea Craiova
Ciprian Deac -CFR Cluj
Alexandru Maxim – Mainz 05-ALE

Atacantes:

Andrei Ivan – FC Krasnodar-RUS
Alexandru Chipciu – Anderlecht-BEL
Bogdan Stancu – Bursaspor-TUR
Florin Andone – Deportivo La Coruña-ESP
Adrian Popa – Reading-ING

 

Lista de suplentes:
G – Silviu Lung Junior – Kayserispor-TUR
Z – Cosmin Moți – Ludogorets-BUL
Z – Ionuț Nedelcearu – Dinamo Bucareste
LD – Alexandru Mățel – Dinamo Zagreb-CRO
V – Dragoș Nedelcu – Steaua/FCSB
M – Constantin Budescu – Steaua/FCSB
M – Cătălin Golofca – Steaua/FCSB
M – Dorin Rotariu – Club Brugge-BEL
A – Gheorghe Grozav – Karabükspor-TUR
A – Florin Tănase – Steaua/FCSB
A – George Pușcaș – Benevento-ITA

Convocados por país e clube romeno
Bélgica – 3
Espanha – 2
Inglaterra – 2
Rússia – 2
Turquia – 2
Alemanha – 1
França – 1
Itália – 1
Steaua/FCSB – 3
Dinamo – 2
Viitorul – 2
CFR Cluj – 1
CS U Craiova – 1

3 comentários em “Daum anuncia convocação para jogos decisivos contra Armênia e Montenegro

  1. Romenia ja ta bem dizer eliminada. Mesmo se ficar em segundo,que ja vai ser um milagre,nao deve ir aos play-offs, pois acredito que esse grupo tenha a pontuaçao mais baixa. A polonia va se classuficar em primeiro, tem is melhores atletas e conjunti indiscutivelmente. E a romenia que nao abra o olho pra ver, a cada ano que passa o futebol romeno enfraquece, jogadores fracos. Daqui a pouco só vai fazer frente a amadores como san marino, andorra, gibraltar…Nao sei se mircea lucescu vai querer voltar, entao que coloquem cosmin contra ou dan petrescu.

  2. Pois é. Infelizmente essa geração são poucos que se sobre saem, Daniel Alibec , Golofca, Stanciu, Alexandr Baluta, e George Puscas. … Falta comando pra essa seleção que sempre foi notada por sua técnica e posse de bola !!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s