O Otelul não vencia os adversários há mais de quatro anos (foto: Raed Krishan/GSP)
O Otelul não vencia os adversários há mais de quatro anos (foto: Raed Krishan/GSP)
Gâlca perde mais uma no comando do FCSB (foto: Raed Krishan/GSP)
Gâlca perde mais uma no comando do FCSB (foto: Raed Krishan/GSP)

O lanterna Otelul Galati conseguiu, depois de 11 rodadas, vencer hoje o líder FCSB por 2×1 na Arena Nationala, em Bucareste. O lateral esquerdo Iasmin Latovlevici voltou ao time titular do FCSB hoje, depois de seis meses, e justo ele abriu o placar para o Otelul com um gol contra. O time do técnico Constantin Gâlca segue na liderança, mas a diferença para o vice-líder Târgu Mures caiu de dois pontos no começo da rodada para apenas um: 57 a 56.

A princípio com 42 pontos a menos que o FCSB, o Otelul, campeão romeno de 2010-11, que não vencia seu adversário na Liga I desde 23 de setembro de 2010, conseguiu parar os ataques iniciais dos anfritriões e se lançou num contra-ataque aos 19 minutos. Cernat recebeu lançamento em profundidade em posição muito duvidosa, e ao tentar passar para o meio da área, Latovlevici, que não era titular do FCSB há mais de seis meses, tocou contra o próprio patrimônio. fizeram a partida mais surpreendente da rodada.

O time visitante chegou a esboçar uma pressão na faixa dos 30 minutos, mas quem teve que se mandar com tudo para o ataque era o FCSB. Afinal, se vencesse o Otelul, abriria quatro pontos de vantagem ante o vice-líder Târgu Mures. Na sequência, dois lances nos quais o FCSB pediu pênalti: Aos 27, Dan Popescu tentou um carrinho na bola por trás de Prepelita dentro da área, atingiu o adversário, mas não atingiu a bola. O árbitro Robert Dumitru apitou simulação. Aos 37, em cruzamento de Adrian Popa pela direita, Tucudean tentou o cabeceio, a bola bateu no braço de Miron e o mais uma vez o juiz não deu nada.

Prepelita pediu pênalti de Popescu, mas não foi atendido pelo árbitru Robert Dumitru (foto: Raed Krishan/GSP)
Prepelita pediu pênalti de Popescu, mas não foi atendido pelo árbitru Robert Dumitru (foto: Raed Krishan/GSP)

Melhor para o Otelul, e consequentemente, para o Târgu Mures. Em novo contra-ataque aos 45 do primeiro tempo, o Otelul marcou, e desta vez, um golaço. Após abertura na esquerda com Dan Popescu, o meia cruzou para o argelino Hamroun, que deu uma voadora na bola, sem chances para Arlauskis. Era o segundo chute do Otelul em direção ao gol.

No intervalo, Gâlca tirou Latovlevici e Filip para colocar Iancu e Stanciu, para mandar o time pro ataque. E melhorou. Aos quatro minutos, Tucudean conseguiu receber livre e marcou o que seria o gol de empate, mas acertadamente foi marcado o impedimento pelo assistente Imre Bucsi. Aos 15 minutos do segundo tempo, Iancu mandou uma bomba de perna esquerda e a bola bateu na mão de Murgoci dentro da área. Mais um pênalti pedido pelo FCSB, mais um lance sem o apito de Dumitru. Com uma defesa dos otelarii surpreendentemente bem postada, a chance clara de gol só chegou aos 31 minutos da segunda etapa: Adrian Popa cruzou da direita e Tucudean teve o faro do gol para se esticar e mandar pra rede.

O FCSB pediu mais um pênalti aos 37, desta vez de Milea em Tucudean. Nova bola alçada por Popa, e na área, um puxão na camisa do atacante não foi assinalado por Robert Dumitru.

Aos 48 do segundo tempo, aí sim, o pênalti que o FCSB queria e que, aliás, foi mal marcado. A arbitragem desastrosa assinalou penalidade máxima quando Milea encostou em Chipciu. Rusescu foi para a cobrança e mandou a bola no travessão. Gigi Becali, dono do FCSB e que estava na Arena Nationala, nem esperou o apito final, e foi embora do estádio.

Esta vitória foi apenas a segunda da história do Otelul visitando o “Steaua”/FCSB. Em 27 jogos disputados em Bucareste pelas duas equipes, a primeira vitória dos otelarii foi em 23 de agosto de 1997, por 3×1. Nesta edição da Liga I, o clube não vencia uma partida desde 22 de novembro, quando bateu o Ceahlaul por 1×0 em Piatra Neamt. Os dois gols desta vitória foram os primeiros do time depois de cinco jogos. E mais: foi apenas a segunda vez na Liga I 2014-15 em que os campeões de 2010-11 chegaram a fazer mais de um gol na mesma partida: a outra foi em 1º de setembro na vitória por 2×0 sobre o Rapid em Galati, pela sexta rodada.
FCSB 1×2 Otelul GalatiArena Nationala, Bucareste, Muntênia
Domingo, 19 de abril de 2015
27ª rodada da Liga I

FCSB: Arlauskis; Papp (Guilherme 33′-2ºt), Tamaş, Varela,  Latovlevici (Iancu-int); Prepeliţă, Filip (Stanciu-int), Ad. Popa, Rusescu, Chipciu; Ţucudean
Técnico: Constantin Gâlcă

Oţelul Galati: Abraham; Solomou (Milea 39′-1ºt), Miron, Sissoko, Popescu; Cucu, Helder, Popa, Iorga, Hamroun (Murgoci 18′-2ºt) – Cernat (Tătar 37′-2ºt)
Técnico: Florin Marin

Trio de arbitragem: Robert George Dumitru (Sfantu Gheorghe), auxiliado por Dragos Mihai Iliescu (Craiova) e Imre-Lazslo Bucsi (Sfantu Gheorghe)

Gols: Iasmin Latovlevici (19′-1ºtCONTRA), Jugurtha Hamroun (45′-1ºt) e George Tucudean (31′-2ºt)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s