Depois de 19 jogos, CS U Craiova perde na Liga I para um Târgu Mures que agora sonha com o título

 

N'Doye comemora com os companheiros o seu nono gol na Liga I (foto: Facebook Târgu Mures)
N’Doye comemora com os companheiros o seu nono gol na Liga I (foto: Facebook Târgu Mures)

O CS Universitatea Craiova finalmente interrompeu sua série invicta após ter perdido hoje para o Târgu Mures por 2×1 no Estádio Trans-Sil. As duas equipes são sensações da Liga I, tendo subido da segundona romena na temporada passada e hoje o CSU disputa as quatro primeiras posições na esperança de poder ir à Liga Europa, enquanto o time da Transilvânia começa a se aproximar do FCSB e a sonhar com o título. Neste confronto direto no topo da tabela, esta foi a primeira derrota da dupla Sandoi-Cârtu com o time de Craiova, e a primeira depois de 19 rodadas de invencibilidade, enquanto o Târgu Mures chegou à marca de 11 jogos sem perder.

Sandoi sofreu a primeira derrota no comando do CSU (foto: csuc.ro)
Sandoi sofreu a primeira derrota no comando do CSU (foto: csuc.ro)

Aos 12 do primeiro tempo, Manolov recebeu de Gorobsov num lançamento em profundidade, ganhou na corriga de Frasinescu, mas foi derrubado dentro da área, mas Ovidiu Hategan deixou o jogo seguir. Ainda no primeiro tempo, foi o CSU que pediu pênalti, com Madson sendo travado na hora de uma finalização dentro da área.

O primeiro gol saiu só no final da primeira etapa. Ianis Zicu recebeu da intermediária e arriscou. Balgradean estava mal colocado e pulou atrasado, mas o meia do Târgu Mures marcou um golaço, no canto, aos 45 minutos.

No intervalo, a dupla formada por Emil Sandoi e Sorin Cârtu tirou Baluta e colocou Briceag na meia-esquerda, e o CS U Craiova respondeu com melhores ataques. Aos oito da segunda etapa, Nuno Rocha rolou para Târnacop, que arriscou de perna esquerda, num lance muito parecido com o gol de Zicu. Mas desta vez, o goleiro adversário, Stancioiu, fez uma bela defesa para mandar pra escanteio.

Mas foi o Târgu Mures que chegou ao gol. Em cobrança de falta venenosa de Gorobsov, a defesa não acompanhou, Balgradean ficou no meio do caminho e o veteraníssimo senegalês Ousmane N’Doye (ex-Dinamo, Vaslui e Astra), de 37 anos, voou para marcar seu nono gol na Liga I 2014-15. Teve até comemoração com direito a dancinha diante de um estádio lotado, cena cada vez mais rara na Romênia. O volante é o artilheiro dos ardelenii na competição, com nove gols.

Bawab sofre marcação especial num Trans-Sil lotado: Târgu Mures é a grande surpresa da Liga I (foto: csuc.ro)
Bawab sofre marcação especial num Trans-Sil lotado: Târgu Mures é a grande surpresa da Liga I (foto: csuc.ro)

O CS Universitatea Craiova só foi marcar o gol aos 44 do segundo tempo. Nuno Rocha fez boa jogada dentro da área, Ivan cruzou, Nuno Rocha não completou, mas Herghelegiu, que havia substituído Madson há sete minutos, mandou pro fundo do gol e diminuiu.

Com o resultado, o Târgu Mures segue na vice-liderança, com 55 pontos, a apenas um do líder FCSB, que ainda joga amanhã contra o Astra, no Marin Anastasovici, em Giurgiu. O time do técnico Liviu Ciobotariu está invicto há 11 partidas e é o melhor time disparado do returno da Liga I. São 25 pontos conquistados em oito vitórias e um empate. O time também é o melhor mandante da competição. Em 13 jogos no Estádio Trans-Sil, o Târgu Mures ainda não perdeu. São 11 vitórias e dois empates, 19 gols marcados e apenas 13 sofridos!

Com a maior série invicta na Liga I 2014-15, interrompida hoje (19 jogos) o CS Universitatea segue na quarta posição, com 45 pontos. Os alvi-azuis enfrentam o Dinamo, sexto colocado, no próximo domingo.

Balgradean não consegue defender o chute de Zicu: 1x0 para o time da casa (foto: Facebook Târgu Mures)
Balgradean não consegue defender o chute de Zicu: 1×0 para o time da casa (foto: Facebook Târgu Mures)

Târgu Mures 2×1 CS Universitatea CraiovaEstádio Trans-Sil, Târgu Mures, distrito de Mures, Transilvânia
Sábado, 11 de abril de 2015
26ª rodada da Liga I

ASA Târgu-Mureş: Stăncioiu; Feussi, Gonzalez, Bejan, Sepsi;  Gorobsov, Voiculeţ, Zicu (N’Doye 18′-2ºt), Goga (Szekely 40′-2ºt) Bumba (Hora 12′-2ºt); Manolov
Técnico: Liviu Ciobotariu

CS Universitatea Craiova: Bălgrădean; Achim, Acka, Frăsinescu, Tîrnăcop; Brandan, Madson (Herghelegiu 37′-2ºt), Băluţă (Briceag-int), Mateiu; Bawab (Ivan 27′-2ºt) e Nuno Rocha
Técnicos: Emil Sandoi e Sorin Cârtu

Gols: Ianis Zicu (45′-1ºt), Ousmane N’Doye (22′-2ºt), Andrei Herghelegiu (44′-2ºt)

Trio de arbitragem: Ovidiu Hategan (Arad), auxiliado por Octavian Sovre (Oradea) e Sebastian Eugen Gheorghe (Suceava)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s