Delegação em Nova Iorque, antes de embarcar rumo à Europa (foto: Elário [artilheiro do time na excursão]/arquivo pessoal)
Delegação em Nova Iorque, antes de embarcar rumo à Europa (foto: Elário [artilheiro do time na excursão]/arquivo pessoal)
Arquivo brasileiro sobre a excursão do Metropol contém erros em relação a nomes de clubes e cidades (foto: Arquivo pessoal/Zé Dassilva)
Arquivo brasileiro sobre a excursão do Metropol contém erros em relação a nomes de clubes e cidades (foto: Arquivo pessoal/Zé Dassilva)

Quem é de Santa Catarina está familiarizado com o Metropol, clube de Criciúma pentacampeão catarinense (1960, 1961, 1962, 1967 e 1969), potência do estado nos anos 60, intimamente ligado aos mineradores de carvão mineral e sindicalistas da área na cidade. Um dos mais importantes do Estado, sétimo lugar na Taça Brasil de 1968, um ano antes de fechar seu departamento de futebol profissional. E um dos raros clubes fora do eixo Rio-SP que fez excursões para a Europa. Em 1962, o time alviverde chegou a disputar nada menos que 11 jogos na Romênia, que já vivia no comunismo. E num destes jogos, o adversário era de Craiova, mas não é possível afirmar qual time. Em todos os arquivos encontrados online, não há especificação de que seja o Universitatea (à época Stiinta Craiova) ou o Electroputere, clube menor da cidade. Fala-se apenas em “Craiova”. Se for a Stiinta Craiova, era ainda um clube da segunda divisão da Romênia, onde estava desde 1958, quando subiu da terceira divisão. Se for o Electroputere, também era um clube que à época não disputava a primeira divisão romena.

A excursão foi feita por cinco países: Espanha, Suíça, Dinamarca, Alemanha Ocidental e Romênia. Foram 23 partidas disputadas, com 13 vitórias, seis empates e apenas quatro derrotas. Destas 23, 11 foram na Romênia, com seis vitórias, dois empates e três derrotas (das quatro em toda a excursão. A primeira derrota foi para o Elche, da Espanha, por 5×0) entre 28 de junho e 28 de julho de 1962.

É impossível, com as informações disponíveis nos arquivos online, cravar com certeza qual dos dois times jogou com o Metropol. No arquivo encontrado em http://ucraiova.tripod.com/amicale95.html, encontram-se muitos amistosos, inclusive os que o Universitatea Craiova disputou em uma excursão ao Brasil em 1975, mas nada sobre o Metropol, o que deixaria possível que o adversário fosse o Electroputere. Por outro lado, pode ter sido mesmo o Universitatea, uma vez que o nome Stiinta já havia sido citado em Cluj-Napoca para o que hoje se chama Universitatea Cluj. Desta forma, “Craiova” seria apenas uma forma de diferenciar as duas Stiinta.

Deve-se notar também que os arquivos possuem erros em relação aos nomes dos times e às cidades romenas. Não há nenhuma Tergo Murer, mas sim Târgu Mures. O mais próximo de Simpia Turzii é Câmpia Turzii, que também se pode escrever Cîmpia Turzii, cidade do interior do distrito de Arad, entre outros erros menores.

O anúncio do Gloria Bistrita: "Jogo internacional de futebol" (imagem: reprodução/A História do Metropol)
O anúncio do Gloria Bistrita: “Jogo internacional de futebol” (imagem: reprodução/A História do Metropol)

A Stiinta Craiova ou o Electroputere Craiova teriam respectivamente 14 e 13 anos de existência, sem títulos e sem participações na primeira divisão. E um deles foi justamente o último adversário do Metropol em sua excursão. Um 3×0 categórico em Craiova e o melhor jeito dos brasileiros para a despedida da Romênia, onde teve espaço até para um dos jogadores se apaixonar.

O documentário de Zé Dassilva “A História do Metropol” mostra o episódio do lateral Zezinho Rocha, que chegou a pensar em casar com uma romena. Sem entender o idioma, Zezinho ficou sem entender o nome da moça: Sucosd. Após um ano recebendo correspondências da misteriosa moça, Zezinho se casou com uma brasileira e colocou o nome da filha justamente de Sucosd, o que pode ser um sobrenome romeno ou um apelido, pois não há nomes femininos romenos com uma fonética semelhante.

Confira a série de 11 amistosos do Metropol na Romênia:

Stiinta Cluj* 3×0 Metropol – Cluj-Napoca, 28/06/1962
Gloria Bistrita 0x2 Metropol – Bistrita, 01/07/1962
Crisana Oradea 2×3 Metropol – Oradea, 04/07/1962
ASA Târgu Mures 0x0 Metropol – Târgu Mures, 07/07/1962
Petrolul Ploiesti 3×1 Metropol – Ploiesti, 10/07/1962
Corvinul Hunedoara 2×4 Metropol – Hunedoara, 13/07/1962
Seso Câmpia Turzii 1×1 Metropol – Câmpia Turzii, 16/07/1962
Dinamo Satu Mare** 0x1 Metropol – Satu Mare, 19/07/1962
CSO Baia Mare 3×1 Metropol – Baia Mare, 22/07/1962
CSM Sibiu 1×6 Metropol – Sibiu, 25/07/1962
Craiova*** 0x3 Metropol – Craiova, 28/07/1962

Confira a parte do documentário que fala sobre a excursão para a Europa, com destaque para a Romênia. O documentário na íntegra pode ser assistido no Youtube.

Matéria com a colaboração de Zé Dassilva

*atual Universitatea Cluj
**atual Olimpia Satu Mare
*** Stiinta Craiova (depois chamada de Universitatea Craiova) ou Electroputere Craiova

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s