Sobre o maior rival, U Cluj se classifica para a final da Copa da Romênia depois de 50 anos

Universitatea Cluj ainda não fez gols em 2015, mas vai disputar a final da Copa após 50 anos (foto: Daniel Rus/Stiri de Sport)
Universitatea Cluj ainda não fez gols em 2015, mas vai disputar a final da Copa após 50 anos (foto: Daniel Rus/Stiri de Sport)

Mesmo sem vencer e sem marcar gols em 2015, o Universitatea Cluj é o primeiro finalista da Copa da Romênia, após vencer o seu maior rival, o CFR, por 4×2 nos pênaltis, na Cluj Arena. Com o placar em zero a zero num jogo de muito mais raça que técnica, o herói foi o goleiro eslovaco Robert Veselovsky, que defendeu as cobranças de Larie e Petrucci. A última vez que os Sepcile Rosii disputaram uma final foi em 11 de julho de 1965, vencendo o Arges (à época, Dinamo) Pitesti por 2×1 e conquistando o maior título de sua história.

Veselovsky defendeu dois pênaltis e se tornou o herói do jogo (foto: Daniel Rus/Stiri de Sport)
Veselovsky defendeu dois pênaltis e se tornou o herói do jogo (foto: Daniel Rus/Stiri de Sport)

Com um primeiro tempo extremamente fraco e com nenhuma equipe chegando com perigo nos 45 minutos iniciais, a primeira grande chance foi criada aos 19 da segunda etapa, com o jovem de 20 anos Paun, do CFR. Ele recebeu com espaço de dentro da área e mandou uma bomba, mas a bola desviou na zaga e por pouco não entrou. Sem conseguir furar as defesas adversárias, CFR e U acabaram arriscando muitas vezes de fora d’área, com Gravenberch, Paun, Kovacs, Tade e Doré, mas sem pontaria nenhuma.

A chance do jogo foi do Universitatea Cluj, que no jogo de ida já havia desperdiçado um pênalti com Lemnaru. Aos três do segundo tempo da prorrogação, Mengolo aproveitou o erro na saída de bola da defesa do CFR Cluj, mas cara a cara com Mînca, desperdiçou a chance, chutando pra fora.

Nos pênaltis, o Universitatea Cluj, que na Copa da Liga havia sido eliminado nas quartas-de-final pelo mesmo critério para o Dinamo, desta vez acertou todas as cobranças. Veselovsky defendeu as cobranças de Petrucci e Larie, e no pênalti decisivo, Cristocea marcou e colocou os Sepcile Rosii na final da Copa da Romênia pela quarta vez em sua história, depois de 50 anos.

Agora, o time do técnico Adrian Falub espera o vencedor de FCSB x Petrolul, que se enfrentam amanhã, no Ghencea, em Bucareste.

 

Universitatea Cluj 0x0 CFR Cluj (4×2 nos pênaltis)Cluj Arena, Cluj-Napoca. distrito de Cluj, Transilvânia, Romênia
Quarta-feira, 1º de abril de 2015
Jogo de volta das semifinais da Copa da Romênia

Universitatea Cluj: Veselovsky; Ciupe, Neag, Skvorc, Bambara; Kovacs (Cristocea 26′-2ºt), A. Lungu, Gravenberch, Ceppelini, Morar (Mengolo 1′-1ºt.p.); Lemnaru (Castillion 20′-2ºt)
Técnico: Adrian Falub

CFR Cluj: Mincă; Jakolis, Larie, Carp, Camora; Petrucci, Muniru, Tiago Lopes (Chanturia 37′-2ºt), Tade, Păun (Jazvic 5′-1ºt.p.); Dore
Técnico: Eugen Trica

 

Pênaltis:
1 Doré – Ciupe 1
X Larie – Lungu 2
2 Chanturia – Castillion 3
X Petrucci – Cristocea 4

Trio de arbitragem: Marius Avram (Bucareste), auxiliado por Sebastian Eugen Gheorghe (Suceava) e Vladimir Urzica (Piatra Neamt)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s