Eric só precisou de um minuto para ser o herói do Pandurii (foto: panduriics.ro)
Eric só precisou de um minuto para ser o herói do Pandurii (foto: panduriics.ro)

Depois de mais de dois meses, a temporada romena voltou com as semifinais da Copa da Liga, com o reformulado Steaua aplicando 3×0 no Astra nesta terça-feira e o Pandurii vencendo o Dinamo por 2×1, com gol do brasileiro Eric de Oliveira, em sua reestreia pelos Gorjenii, na segunda. Com a vitória, os stelistii quebraram um jejum de mais de um ano sem vencer o Astra, com o último triunfo em 18 de dezembro de 2013, por 3×1. O Astra recebe o Steaua no jogo de volta no Marin Anastasovici, em Giurgiu, no próximo dia 10, e o Pandurii tentará manter a vantagem sobre o Dinamo em Bucareste, no próximo dia 11.

Ex-Dinamo, Tucudean estreou com gol no Steaua (foto: LPF.ro)
Ex-Dinamo, Tucudean estreou com gol no Steaua (foto: LPF.ro)

Com gol do estreante Tucudean, campeão da Liga trucida o campeão da Copa

Novo escudo estreou no placar eletrônico do Ghencea (foto: ProSport)
Novo escudo estreou no placar eletrônico do Ghencea (foto: ProSport)

O Steaua estreou oficialmente o seu novo escudo, com o placar eletrônico no Ghencea sem mais o time chamado “Anfitrião”, mas com boicote das torcidas organizadas que ficam nos fundos do campo por causa da crise de identidade com o Ministério da Defesa e o Exército romeno e a mudança de escudo. Mas nada que atrapalhasse os donos da casa, que abriram o placar logo aos quatro minutos. O lateral direito Paul Papp se livrou do brasileiro Júnior Morais, invadiu a grande área pela direita e fez bonito passe para Tanase, que não desperdiçou na cara do gol.

Superior na partida contra os últimos campeões da Copa e da Supercopa da Romênia, os últimos campeões da Liga I mantiveram o domínio. Aos 33, o ex-volante do FC Universitatea Craiova, Andrei Prepelita, desarmou o meia Gabriel Enache na intermediária e avançou até quinta esquerda da grande área e chutou. O ex-goleiro da Stiinta, Silviu Lung Jr, bateu roupa numa bola fácil o atacante George Tucudean, recém-chegado ao time em 2015, não perdoou.

Com a expulsão estúpida de Laurentiu Rus, que fez uma falta dura e desnecessária em Chipciu logo no início da primeira etapa, o Steaua aproveitou a vantagem numérica para garantir a vitória. Rusescu recebeu cruzamento de Chipciu, pela direita e, em posição de impedimento, jogou a pá de cal no Astra.

Em Târgu Jiu, Eric reestreia marcando gol com menos de um minuto em campo

O Pandurii, até então com uma temporada irregular e flertando com a gigantesca zona de rebaixamento formada pelos seis últimos clubes da Liga I, começou 2015 com o pé direito de Mihai Roman. O atacante revelado no FC Universitatea Craiova e cobiçado pelo Steaua abriu o placar na primeira oportunidade que teve, aos oito minutos do primeiro tempo, após lançamento em profundidade de outro Mihai, o Pintilii, que retornou ao clube depois de quase três anos. O Dinamo, por outro lado, segue sua sina de derrotas. Após uma intertemporada desastrosa, uma das zagas mais deficientes da Liga I segue com problemas que o técnico Mihai Teja não conseguiu consertar. Mas o ataque funciona regularmente, mesmo porque foi o setor mais reforçado da equipe na intertemporada, com a chegada dos medalhões Gicu Grozav e Marius Niculae, este último ídolo dos dinamovistii. Aos 33 da segunda etapa, Steliano Filip recbeu passe longo da esquerda e passou para Marius Niculae. O atacante mandou a bola na trave, mas Filip acompanhou o rebote para empatar.

Aos 39 do segundo tempo, no apagar das luzes, Eric de Oliveira voltou ao Pandurii com uma estreia que não poderia ser melhor. Após passar o ano passado lesionado frequentemente no futebol Saudita, o ídolo dos Gorjenii aproveitou uma tentativa patética de Nedelcearu de afastar a bola da área para marcar o gol da vitória. A bola caiu nos pés do meia, que não desperdiçou, e com a perna canhota colocou a bola no canto direito de Farnolle, sem chances para o goleiro de Benin. Tudo isto menos de um minuto após substituir Roman.

&nbs

FCSB (Steaua Bucareste) 3×0 Astra Giurgiu – Estádio Steaua, Bucareste, Romênia.
Terça-feira, 18 de fevereiro de 2015
Jogo de ida das semifinais da Copa da Liga

FCSB (Steaua Bucareste): Arlauskis; Papp, Luchin, Varela, Toşca; Prepeliţă (Rusescu-int), Breeveld, Popa (Bourceanu 24′-2ºt), Chipciu, Tănase; Ţucudean (Neagu 31′-2ºt)
Técnico: Constantin Gâlcă

Astra Giurgiu:  Lung jr.; Rus, Oros, Ben Youssef, Júnior Morais; Laban, Takayuki (William de Amorim-int); Enache, Budescu (Yahaya 11′-2ºt), Florescu; Alibec (Fatai 12′-1ºt)
Técnico: Oleg Protasov

Gols: Cristian Tănase (4′-1ºt), George Ţucudean (33′-1ºt), Raul Rusescu (40′-2ºt)

Cartão vermelho: Laurentiu Rus (11′-2ºt)

Trio de arbitragem:  Radu Petrescu (Bucareste), auxiliado por Vasile Marinescu (Bucareste) e Mircea Grigoriu (Bucareste)

Pandurii Târgu Jiu 2×1 Dinamo Bucareste – Estádio Municipal de Târgu Jiu, distrito de Gorj, Oltênia, Romênia
Segunda-feira, 17 de fevereiro de 2015
Jogo de ida das semifinais da Copa da Liga

Pandurii Târgu Jiu: Gliwa; Unguruşan (Pleaşcă 36′-2ºt), Cordoş, Vasiljevic, Momcilovic, Anton, Pintilii, Nistor; Buleică, Nicoară (Shalaj 22′-2ºt) – Roman (Eric de Oliveira 38′-2ºt).
Técnico: Eduard Iordănescu

Dinamo Bucareste: Farnolle; Bărboianu, Durimel, Nedelcearu, S. Filip; Cristescu (Boubacar 37′-2ºt), Elhamed, Lazăr (Bilinski 16′-2ºt), Alexe, Grozav (Gavrilă-int) – M. Niculae
Técnico: Mihai Teja

Gols: Mihai Roman (8′-1ºt), Steliano Filip (33′-2ºt) Eric de Oliveira (39′-2ºt)

Trio de arbitragem: Marius Avram (Bucureşti), auxiliado por Miclos Nagy (Cluj-Napoca) e Marius Nicoară (Drobeta Turnu Severin)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s