Ludogorets elimina Steaua com gol brasileiro no final e duas defesas de zagueiro-goleiro nos pênaltis

Moti defende a cobrança de Râpa e corre pra galera em Sófia: Zagueiro foi o carrasco da eliminação traumática do Steaua
Moti defende a cobrança de Râpa e corre pra galera em Sófia: Zagueiro foi o carrasco da eliminação traumática do Steaua

Na semana passada, em Bucareste, o Steaua venceu o Ludogorets Razgrad por 1×0 na Arena Nationala, com direito a pênalti perdido pelo meia Nicolae Stanciu. De qualquer forma, bastava um empate no Estádio Vasil Levski, em Sófia para a classificação do time romeno à fase de grupos da Champions League. Mas havia um goleiro zagueiro romeno, revelado no FC Universitatea Craiova, que eliminou o poderoso Steaua e jogou o maior clube da Romênia para a Liga Europa.

Até os 45 minutos do segundo tempo, o empate em 0x0 estava colocando os ros-albastrii na próxima fase da Champions League, até que o meia brasileiro Wanderson acertou um chute sensacional quase de fora d’área, aproveitando a sobra deixada pela zaga  após a cobrança no escanteio. A bola foi na gaveta, e com o tempo regulamentar encerrado em 1×0 para os búlgaros, a partida foi para prorrogação.

Aos 18 minutos do segundo tempo da prorrogação, após um jogo com várias chances de gol para os dois times, o goleiro Stoyanov fez falta dura em Varela fora da área numa chance clara de gol. Foi expulso, e quando o técnico Georgi Dermendzhiev já tinha feito todas as três substituições.

Assim, o ex-zagueiro do Dinamo Bucareste, maior rival do Steaua, e revelado no FC Universitatea Craiova, Cosmin Moti, foi para o gol.  E na decisão por pênaltis, o romeno defendeu as cobranças de Pârvulescu e Râpa (ainda que tenha se adiantado muito) e se tornou o grande algoz do Steaua e o grande herói do Ludogorets, duas semanas após voltar a ser convocado para a Nationala.

 

Gol de Wanderson:


Pênaltis:

Ludogorets 1×0 Steaua Bucareste (6×5 nos pênaltis) – Estádio Vasil Levski, Sófia, Bulgária
Quarta-feira, 28 de agosto de 2014
Jogo de volta dos play-offs da Champions League

Ludogorets: Stoyanov; Minev, Moti, Terziev, Júnior Caiçara; Fábio Espinho, Dyakov, Aleksandrov (Hamza 33′-2ºt), Marcelinho, Mizidjan (Wanderson 40′-2ºt); Bezjak (Dani Abalo 33′-2ºt)
Técnico: Georgi Dermendzhiev

Steaua Bucareste: Arlauskis; Latovlevici (Pârvulescu 22′-2ºt), Varela, Szukala, Râpa; Breeveld, Prepelita, Tanase (Stanciu 5′-1ºt), Sanmartean (Filip 38′-2ºt), Popa; Keseru
Técnico: Constantin Gâlca

Trio de arbitragem: Alberto Undiano Mallenco (Espanha), auxiliado por Roberto Díaz Pérez del Palomar (ESP) e Juan Yuste (ESP)

Gol: Wanderson (45′-2ºt)


Pênaltis:
Moti 1 – Keseru 1
Wanderson X– Pârvulescu X
Hamza 2 – Szukala 2
Júnior Caiçara 3 – Popa 3
Marcelinho 4 – Varela 4
__________________
Dyakov 5 – Prepelita 5
Fábio Espinho 6 – Râpa X

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s