Tunel a timpului: Há dez anos, Romênia goleou a Alemanha por 5×1

Mihaita Plesan jogava no FC Universitatea Craiova e foi um dos destaques daquela partida
Mihaita Plesan jogava no FC Universitatea Craiova foi um dos destaques daquela partida

Apesar de não participar de uma Copa do Mundo desde 1998, a seleção romena acaba surpreendendo de vez em quando, como na classificação para as quartas-de-final da Euro 2000, já no final da Geração de Ouro, ou até mesmo o empate contra a Itália na Euro 2008. Mas outra oportunidade aconteceu em 28 de abril de 2004, quando num amistoso no estádio do Rapid Bucareste, o Giulesti, a Nationala conseguiu golear a Alemanha por cinco a um.

Os alemães começavam a sua reformulação iniciada após o segundo lugar na Copa de 2002, que culminaria no título mundial de 2014.  O amistoso fazia parte da preparação alemã para a Eurocopa 2004 que seria realizada em junho daquele ano em Portugal. A Romênia nem mesmo havia conseguido se classificar para o torneio continental e buscava, como busca até hoje, ter uma seleção à altura da que encantou o mundo na década de 90.

O primeiro tempo foi um atropelamento romeno. Plesan abriu o placar aos 21 minutos, aproveitando o erro na saída de bola dos adversários e driblando três marcadores antes de fuzilar para o fundo das redes de Oliver Kahn. O lateral-esquerdo Razvan Rat marcou o segundo dois minutos depois. Danciulescu marcou aos 35 e aos 43 do primeiro tempo, e depois, a Nationala tirou o pé. O quinto gol sairia aos 39 da segunda etapa com Caramarin, e aos 43 do segundo tempo, Philipp Lahm, que há uma semana se tornou o capitão do tetracampeonato mundial alemão, marcou o gol de honra. A Alemanha jogou sem Michael Ballack, e com mais alguns desfalques: os defensores Christian Wörns, Frank Baumann, Jens Nowotny, e o meia Christian Rahn.

A Romênia era treinada pelo técnico das Copas de 1994 e 1998, Anghel Iordanescu. Ainda naquele ano, Victor Piturca se tornava técnico da Nationala pela segunda vez. Ficou até 2009, conseguindo ao menos classificar a Romênia para a Euro 2008.

Triunfo romeno é um feito histórico até hoje

Três anos antes, em 2001, nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2002, a Inglaterra havia goleado os alemães em Munique também por 5×1. Além disso, a goleada em Bucareste foi a pior derrota da Alemanha fora de casa em 65 anos. A Romênia se igualou à Hungria, sua rival histórica que havia aplicado o mesmo chocolate em Budapeste, em 1939.

Depois do baile em 2004, a Alemanha nunca mais sofreu uma goleada tão grande. Mas a famosa  reformulação viria a tomar forma só depois da Euro 2004. Rudi Völler havia substituído Erich Ribbeck após a péssima campanha em 2000, quando a equipe foi eliminada em último lugar do grupo A (que tinha a Romênia) sem vencer nenhum jogo. Völler foi vice na Copa do Mundo de 2002 perdendo a final contra o Brasil, e após nova eliminação sem vitórias na Euro 2004, Jürgen Klinsman assumiu o cargo com Joachim Löw de auxiliar. O resto da história todo mundo sabe.

Craiova no meio

O atual capitão do CS Universitatea Craiova, o meia Mihaita Plesan, foi titular e jogava pelo FC Universitatea Craiova. Naquele tempo, só havia um Universitatea Craiova, com uma torcida gigante em todo o país. Adrian Mititelu compraria o clube meses depois, dando início ao pior momento da história do futebol de Craiova.

O capitão daquela seleção romena era Cristian Chivu, que na época jogava na Roma, mas que foi revelado pelo FC Universitatea Craiova em 1998, quando foi contratado do FCM Resita com 18 anos. Outro jogador que tinha alguma ligação com Craiova naquela partida era o meia Ionel Ganea (não confundir com o atual técnico do CS U Craiova, Ionel “Jerry” Gane”), que jogou no FC U Craiova de 1996 a 1998.

Confira os gols de Romênia 5×1 Alemanha:


Romênia 5×1 Alemanha – Estádio Valentin Stanescu (Giulesti), Bucareste, Romênia
Quarta-feira, 28 de abril de 2004
Público: Aprox. 10 mil

Romênia: Lobont, Stoican, Iencsi, Chivu (Ghionea 34′-1ºt), Rat; Florentin Petre (Contra 32′-2ºt), Radoi, Dica (Caramarin 24′-2ºt), Plesan (Ovidiu Petre 32′-2ºt); Ganea (Marius Niculae 38′-2ºt) e Danciulescu (Neaga 25′-2ºt)
Técnico: Anghel Iordanescu

Alemanha: Kahn (Hildebrand-int.); Friedrich, Ramelow, Jeremies, Lahm; Schneider, Hamann, Ernst (Kehl 31-2ºt), Frings (Freier-int); Bobic (Neuville 16-2ºt) e Kuranyi
Técnico: Rudi Völler

Árbitro: Roberto Rosetti (Itália)

Gols: Mihaita Plesan (21′-1ºt), 2:0 Razvan Rat (23′-1ºt), Ionel Danciulescu (35′-1ºt e 43′-1ºt), Gabriel Caramarin (39′-2ºt) e Philipp Lahm (43′-2ºt)

Anúncios

2 comentários em “Tunel a timpului: Há dez anos, Romênia goleou a Alemanha por 5×1

  1. I remember that game.
    Craiova was at it’s height during Dinel Staicu’s era. Plesean was the most promising in that squad. Watching the game, I really thought Craiova and Romania’s football will rise once again around Plesean, like it did years before around Hagi. But it didn’t…

    Universitatea relegated the following season and fell in the hands of Mititelu. The National Team lost another qualifying campaign.

    In Romania’s line-up for that game, there are other connections to Craiova: Flavius Stoican (current Dinamo coach) played for “Stiinta” seven years before following Gigi Netoiu at Dinamo.
    Mirel Radoi and Ionel Danciulescu started their professional careers in Craiova (although not at Universitatea).
    Also Razvan Rat was for a brief period of time in Universitatea’s youth program.

    1. Cornel, the encyclopedia 😀 thank you for the always awesome comments, they add lots of information here from someone who really knows the subject. You are always welcome here!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s