O Rapid Bucareste retorna à elite do futebol romeno (foto: Agerpress)
O Rapid Bucareste retorna à elite do futebol romeno (foto: Agerpress)

Um dos clubes mais tradicionais da Romênia, o Rapid Bucareste, não recebeu a licença da Federação Romena de Futebol para disputar a Liga I em 2014-15, mas conseguiu o direito após recorrer no Tribunal Arbitral do Esporte (Tribunal Arbitral du Sport – TAS). O veredito foi publicado hoje no site oficial do TAS. O clube ficou em 2º lugar na Série 1 da Liga II e deverá estar na elite do futebol romeno nesta temporada, substituindo o FC Clinceni.

O Clinceni, que ficou em quarto lugar e iria para a Liga I porque o 3º colocado, Unirea Slobozia, não quis subir. O clube passa por um momento de mudanças e estava prometendo “se tornar” o FC Arges Pitesti, tradicional clube romeno extinto na temporada 2012-13.

A decisão do tribunal internacional, contrária à da FRF, fez o presidente da federação, Razvan Burleanu, prometer mudar toda a Comissão de Recursos para Licenças. A comissão que recusou a licença do Rapid é a mesma que aprovou a licença do CS Universitatea Craiova para disputar a Liga I.

O Rapid Bucareste será o primeiro adversário do CS Universitatea Craiova na Copa da Liga, competição em mata-mata disputada em 1998 e 2000 e restabelecida no calendário a partir desta temporada. Em amistoso entre as equipes vencido pelo CSU por 2×0 em 31 de agosto do ano passado, houve um boicote da torcida do clube da capital, num protesto a favor do FC Universitatea Craiova como clube legítimo fundado em 1948. Apenas 7 torcedores do Rapid haviam comparecido naquela ocasião, levando faixas contra CS U Craiova.

Confira a nota do TAS sobre o recurso do Rapid:

“O Tribunal Arbitral do Esporte acatou o recurso do S.C. F.C. Rapid S.A. contra a decisão tomada pela Comissão de Recursos para Licenças de Clubes da Federação Romena de Futebol (FRF) em 16 de maio de 2014. Como consequência, a FRF deverá conceder a licença autorizando o FC Rapid a participar da Liga I romena na temporada de futebol 2014-15 e o FC Rapid deverá ser incluído na competição Liga I na temporada de futebol 2014-15.

O TAS considerou que o clube não estava violando as regras de licença, segundo o plano de reorganização que foi aprovado pelas autoridades competentes da Romênia. Os motivos completos da sentença serão publicados nos próximos dias”

A nota oficial do TAS em inglês pode ser lida aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s