Mititelu retira o time do campeonato, mas não deixa o clube (foto: Realitatea)
Mititelu retira o time do campeonato, mas não deixa o clube (foto: Realitatea)

Quando o então torcedor Adrian Mititelu conseguiu comprar o Universitatea Craiova após a crise financeira da era Gigi Netoiu, não imaginava quase dez anos depois seria uma das pessoas mais detestadas da cidade. Hoje, o empresário convocou uma entrevista coletiva extraordinária hoje para confirmar o que os rumores de ontem diziam e declarar a exclusão formal do FC Universitatea Craiova da Liga II e das atividades. Após cerca de nove meses e a derrota por 3×0 para o Gloria Bistrita, o clube volta a estar desativado por tempo indefinido. O empresário fez o seguinte pronunciamento na coletiva:

“Eu não posso operar as atividades em campos de futebol pré-históricos. Eu quero muito ir até o fim, mas simplesmente não consigo. Dito isto, digo que lutei com tudo, até as últimas forças. Esta equipe não pode continuar, os jogadores estão com 5% da sua força física. Somos forçados a terminar a competição, porque não podemos competir. Não quero fazer do Universitatea Craiova um saco de pancadas. Eu tentei, eu fiz tudo o que era humanamente possível. Não pude fazer mais do que isso. Peço desculpa aos torcedores, aos parceiros de competição.
Na próxima temporada, pretendemos retornar aos trabalhos. Esperamos que até lá o Estado faça justiça no nosso caso. A Federação não tem como nos reinscrever. Os jogadores permanecem sob contrato com o FC Universitatea. Em um mês, será aprovado o plano de reorganização [financeira], e no verão lançaremos as bases da sociedade e  Em um mês ele vai aprovar o plano de reorganização, eo verão vai lançar as bases de ações da sociedade para torcedores e empresas”.

Mititelu falou também sobre o fato de restar apenas uma equipe de Craiova, o CS Universitatea: “Os torcedores sabem que, se cairmos, não significa que o CSU seja o novo Universitatea Craiova. O FC Universitatea Craiova nunca vai se fundir com qualquer clube, muito menos com o CSU”.

Proprietário da equipe desde 2004, o então torcedor Adrian Mititelu simboliza a pior crise da história do futebol de Craiova. Durante estes quase dez anos, o FC U Craiova não conquistou nenhum título e foi rebaixado duas vezes (2004-05 e 2010-11) e, por não ter acatado um ultimato da FRF e da Liga Profissional de Futebol da Romênia, foi excluído destas duas instituições, conseguindo voltar às atividades só em 2013. Além dos maus resultados de sua gestão, Adrian Mititelu é considerado pela torcida como um dos principais culpados pelo surgimento (ou ressurgimento) do CS Universitatea Craiova, e é o grande motivo pelo qual cada vez mais torcedores passam para o lado do clube apoiado pelos jogadores da geração Craiova Maxima.

Os jogadores do FC Universitatea Craiova já haviam decidido pela desistência do campeonato em 25 de fevereiro, mas três dias depois foram convencidos por Mititelu a continuar. Um mês depois, o proprietário do clube anunciou a retirada da equipe do campeonato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s