Nesta semana, o repórter Marian Sania, do site Craiova Fotbalistica, fez uma entrevista comigo, um pouco diferente do que o pessoal tem sempre perguntado. Sania perguntou quem eu acho que vai ganhar a Copa do Mundo, e também algumas curiosidades. Tive a oportunidade de dizer algo bem remoto na infância, quando pensei em jogar no Universitatea Craiova na época dos 12, 13 anos, por causa do Juninho Pernambucano. Ele é meu ídolo, e foi um dos responsáveis pela ascensão nacional e europeia do Olympique Lyonnais. Na época, tive o efêmero sonho de seguir os passos do Reizinho da Colina, mas no Estádio Ion Oblemenco.

Enfim, mais um papo bem legal com um repórter que quis saber mais sobre o trabalho desenvolvido n’O Craiovano e sobre quem o desenvolve. A tradução está no estilo feito na entrevista que o Craiova Forum fez. Exatamente como foi publicado no site. E como foi mais uma entrevista feita em romeno, respondi com o que sei da língua e o Sania teve a liberdade para adaptar. E adaptou bem, sem erros.

Segue a entrevista no Craiova Fotbalistica:

João Vítor Roberge: “Queria ter o talento de Juninho e fazer do Universitatea Craiova um clube gigante”

Se você nasce e mora no Brasil e se apaixona por uma equipe da Europa, que não seja Barcelona ou Milan, mas sim uma da Romênia, que desapareceu do futebol por dois anos e reapareceu na segunda divisão, parece um absurdo. Não para João Vítor Roberge, um brasileiro de 19 anos, estudante de jornalismo, cujo trabalho de conclusão de curso será sobre o Universitatea Craiova.

O sujeito é doente pelo U Craiova. Sabe toda a história do futebol de Craiova, afirmando com orgulho que o U Craiova é o primeiro clube romeno a chegar nas semifinais da Copa da UEFA e que sempre lutou contra a oligarquia de Bucareste, Steaua, Dinamo e Rapid.

Sabe tudo sobre o U Craiova

Ele escreve quase diariamente em seu blog – O Craiovano sobre Craiova, e as colunas dos últimos tempos sendo em romeno. Por Craiova aprende romeno pela internet, porque não encontrou um professor no Brasil, e comprou pelo e-bay [Mercado Livre, na verdade] uma camisa alvi-azul.
A história de João Vítor Roberge é cativante, como vocês conhecerão melhor. Aceitou com grande prazer conversar por uma rede social [Facebook]. Esteve pronto com as respostas. “Me escreva em português, te respondo em romeno”, me falou. “Assim nos entendemos melhor.

“É muito mais fácil falar que o CS U é a verdadeira equipe de Craiova”

CF – Olá, João. Como você descobriu o U Craiova e como se apaixonou pela equipe?
JVR –
Jogando Football Manager 2006. Assim comecei a gostar da equipe. Não me lembro se era 2008 ou 2009 quando comecei a aprender a história do Universitatea Craiova me apaixonei imediatamente. Então, me tornei um fã. A história do clube é muito linda, mas é triste.

CF – Em Craiova há duas equipes Universitatea. Qual é a equipe verdadeira da cidade?
JVR – Não estou de acordo com as condições nas quais o CS U foi criado, baseado em uma suposta brecha legal em documentos antigos do FC U. Não é legal, na minha opinião. É provável que, se em 2013 existisse só o CS U e não a equipe de Mititelu, o clube  seria reconhecido por todo mundo como sendo sequência da equipe fundada em 1948. Mas esta não é a realidade. Aqui no Brasil, muitas pessoas ficariam envergonhadas se um clube vai direto a uma segunda divisão. Se as pessoas procurarem informações sobre o Fluminense, verão que falo a verdade.  Até 2011, ninguém constestaria a legitimidade do FC U, era só um clube de tradição com uma administração horrível. É uma situação muito triste que acontece com uma cidade com tradição no futebol. Penso que, por causa de erros de gestão de Mititelu, algumas pessoas cansaram de sofrer e viram no CS U uma opção real para revitalizar o futebol da cidade. É muito mais fácil falar que o CS U é a equipe verdadeira de Craiova, porque tem perspectivas financeiras melhores, um elenco valioso e é apoiada moralmente pelos ídolos da Craiova Maxima. Respeito o CS Universitatea, mas, pessoalmente, estou com o FC U, a equipe que quando eu conheci, não sabia nem quem era Mititelu.

“É possível que o FC U não jogue mais em 2014-2015”

CF – Que futuro você vê para o futebol de Craiova?
JVR – Infelizmente, acho que FC Universitatea vai acabar. Não vejo como este clube conseguirá se salvar. Não quero que me entendam mal [eu quis dizer “eu quero estar errado”]. Mas com muitas dívidas, erros de administração e condições horríveis de treinamento, é possível que o FC U não jogue mais a partir da temporada 2014-15. É difícil acreditar, né? Mesmo com Burleanu como presidente da FRF, acho que só o CSU vai existir. Eu quero estar errado, mas...

CF – Por que você acha isso?
JVR – Quando Marin Condescu chegou, pensei que o FC U poderia voltar à Liga I e à Europa. Mas agora, o clube vive muito mais sofrimento, infelizmente. Sobre o CS U, se a FRF não fizer nada sobre a filiação, o nome e o escudo, acho que vai ficar muito tempo na Liga I e poderá ir à Europa League. Mais uma vez, não quero que me entendam mal [eu disse “mais uma vez, eu quero estar errado”]. Quero que o FC Universitatea Craiova volte a ser uma grande equipe.

CF – Conte um pouco mais sobre você. O que saber sobre quem é o torcedor de Craiova  de dezenas de milhares de quilômetros de distância.
JVR – 
Nasci em 5 de junho de 1994. Sou estudante de jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis, desde março de 2012. Nasci em Florianópolis, mas moro aqui desde novembro de 2012. Antes, morei em São José, uma cidade vizinha.

CF -Quando você vai apresentar o TCC sobre o U Craiova? Soube que na verdade será um documentário sobre Craiova?
JVR – Acho que vou apresentar em dezembro de 2015 ou junho de 2016. Mas é complicado. Preciso de patrocinadores, da Romênia e do Brasil. Preciso de dinheiro para ir para Craiova. Se não, é quase impossível…

CF – Quando você vem a Craiova para conhecer os grandes ídolos do nosso futebol?
JVR – Em setembro de 2015. Quero entrevistar pessoas importantes da história do Universitatea, independente de serem do FC U ou do FC U. Quem assistir ao documentário poderá tirar suas próprias conclusões.

“Só um desastre impede o Brasil de ganhar esta Copa do Mundo”

CF – A Copa do Mundo vai começar em breve, e no seu país. Quem vai ganhar a Copa do Mundo 2014?
JVR – A seleção brasileira vai ganhar, sem discussão. Só um desastre vai impedir. Os adversários mais difíceis serão Argentina e Alemanha. O Brasil tem que ganhar para compensar a organização horrível do torneio.

“Queria ter o talento de Juninho para fazer do U Craiova um clube gigante”

CF – Diga-me, por favor, alguma coisa peculiar sua.
JVR – Pode parecer mentira, mas quando era criança, quis jogar pelo Universitatea. Meu maior ídolo no futebol é o Juninho Pernambucano, que fez do Olympique Lyon uma grande equipe na Europa. Queria ter o talento de Juninho para fazer do Universitatea Craiova um clube gigante.

CF -Para encerrar, o que você tem a dizer aos torcedores de Craiova?
JVR – Até agora, conheci pessoas incríveis. Quero conhecer os fãs do FC U e do CS U. Entender as emoções dos jogos, estar junto deles. Espero que me ajudem quando eu for para Craiova. Espero retribuir com meu projeto, mostrando o verdadeiro futebol de Craiova para que o mundo conheça uma grande história. A de um futebol pelo qual eu sou fanático.

CF- Obrigado! Te esperamos em Craiova

 

Anúncios

Um comentário em “Do Avesso: Craiova Fotbalistica entrevista O Craiovano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s