Defesa de Mititelu em 2006 vira argumento para o CSU. Entenda:

Mititelu criou um forte argumento contra si próprio (foto: realitatea.net)
Mititelu criou um forte argumento contra si próprio (foto: realitatea.net)

Um site não-oficial do CSU, maximasport.ro, reuniu documentos em que Adrian Mititelu insistiu que não há relação entre o seu FC Universitatea Craiova e o  antigo Universitatea Craiova. A ocasião aconteceu em 2006, quando Adrian Mititelu fez um pedido de reavaliação de dívidas para o Tribunal de Dolj. As dívidas são as mesmas que levaram o clube à insolvência atual, com a empresa de empréstimos Euroexpo.

O seguinte trecho do documento escrito por Adrian Mititelu para se defender das dívidas com a Euroexpo tem sido muito usado por quem apoia o CS Universitatea Craiova para provar que Mititelu não tem o clube legítimo: “Também, vocês tem que observar que entre esta sociedade SC Universitatea Club Fotbal SA Craiova [antiga], com o código fiscal R 9903983 e a outra sociedade inscrita como Associação Esportiva Fotbal Club Universitatea Craiova [a de Mititelu na época], não existe praticamente nenhuma ligação, e só uma semelhança de nomes”.

Os torcedores do CS Universitatea Craiova usam a interpretação de que as associações empresariais que representam o clube são o clube em si, e portanto, se uma acaba, não pode ser substituída por outra.  Há também a interpretação de que Mititelu tentou se livrar das dívidas com a Euroexpo usando o argumento de que a empresa que contraiu as dívidas não eram suas, e sim da empresa anterior que mantinha o clube.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s